Arquivo de Abril, 2009

Festival de Cannes selecciona 5 filmes portugueses

logo_festival_cannes_09

Estão seleccionados 5 filmes portugueses para o melhor festival de cinema, o Festival de Cannes, em França. O evento decorre entre 13 e 24 de Maio.

O último filme de João Pedro Rodrigues, “Morrer Como Um Homem”, foi seleccionado para a secção Un Certain, dedicada aos Novos Realizadores. Os filmes “Ne Change Rien”, de Pedro Costa, e “Canção de Amor e Saúde”, de João Nicolau, vão participar na secção Quinzena dos Realizadores. “Territórios”, de Mónica Baptista, irá passar na Semana da Crítica e por último, a curta-metragem “As Memórias que Nunca se Apagam“, de Dinarte Freitas e Eduardo Costa, está integrada na Short Film Corner.

Parabéns a todos!

Singularidades De Uma Rapariga Loura

Singularidades De Uma Rapariga Loura, um filme de Manoel de Oliveira

YouTube Preview Image

Antestreia do filme dia 28 de Abril no Festival Indie Lisboa 09

Sinopse:
Macário (Ricardo Trêpa) ocupa o lugar de contabilista do armazém do tio Francisco (Diogo Dória), em Lisboa. É o seu primeiro emprego. Do outro lado da rua habita Luísa Vilaça (Catarina Wallenstein), a rapariga loura por quem logo se apaixona perdidamente. Quer casar com ela. De imediato. Acabou de a conhecer, mas não pode esperar. O tio discorda, despede-o e expulsa-o de casa. Macário vai contando estas atribulações amorosas a uma senhora desconhecida, numa viajem de comboio a caminho do Algarve. Continuando a história, parte, mas leva a certeza de que não desistirá da amada – o que pode um tio contra o mais genuíno amor? Segue para Cabo Verde, onde consegue enriquecer. Quando volta, tem já a aprovação de Francisco para o casamento. Vai, finalmente, desposar Luísa Vilaça. Que mais poderia desejar? É só então que descobre a “singularidade” do carácter da noiva. Uma extraordinária adaptação do conto original de Eça de Queiroz.

Indie Lisboa 2009 com 29 Filmes Portugueses

Começa hoje, no Cinema São Jorge, a 6ª Edição do Indie Lisboa – Festival Internacional de Cinema Independente. A programação inclui 66 documentários, 40 animações, 29 filmes experimentais e 115 longas-metragens, ao todo são 263 sessões distribuídas pelas salas do Fórum Lisboa, Cinema São Jorge, Cinema Londres, Museu do Oriente e Cinema City Classic Alvalade.

Como é óbvio, o cinema português marca presença no festival. “Águas Mil”, de Ivo Ferreira, foi a única longa-metragem portuguesa seleccionada para a Competição Internacional; para a Competição Internacional de Curtas-metragens foram seleccionadas: “Algo Importante” de João Fazendas, “Arca d´Água” de André Gil Mata, “Arena” de João Salaviza e “Pássaros” de Filipe Abranches.

Na Competição Nacional estão seleccionados os seguintes filmes: “Águas Mil”, “Birth of a City”, de João Rosas, “Muitos Dias tem o Mês” de Margarida Leitão e “Ruínas”, de Manuel Mozos, todos eles na secção Longas-metragens. Na secção Curtas-metragens estão: “A Nossa Necessidade de Consolo”, de André Santos, “Visionary Iraq”, de Gabriel Abrantes, “Um Roupão Vermelho Sangue”, de Pedro Caldas, “Arca d´Água”, “Montanha Fria”, de Luís Alves, “Algo Importante”, “Visita Guiada”, de Tiago Hespanha, “Pássaros”, “Crime / Abismo Azul / Remorso Físico”, de Edgar Pêra, “Alasca”, de Miguel Seabra, “Arena”, “Sangre Frio”, de Patrick Mendes, “Santos dos Últimos Dias”, de Leonor Noivo, “Passeio de Domingo”, de José Miguel Ribeiro, “Exótica”, de Sérgio Cruz e “Vai Com o Vento”, de Ivo Ferreira.

Lisbon Calling

Lisbon Calling, um filme de Anna da Palma

YouTube Preview Image

Veja esta curta-metragem na íntegra.

Sinopse:
“Lisbon Calling” fala-nos de Patti, fã de The Clash, que, nos anos 80, devia ter ido de férias para Londres, mas é obrigada a vir com os pais para Lisboa. Como todos os meses em Agosto.

65 Filmes Portugueses no Festival Caminhos do Cinema Português

logoccp

Arranca amanhã, dia 18, a 16ª Edição do Festival Caminhos do Cinema Português, ao todo serão apresentados 65 longas e curtas-metragens, produzidas no último ano.

Para quem não sabe, o Festival Caminhos do Cinema Português é “uma espécie de Óscares à portuguesa”. Quem o disse foi Vítor Ferreira, Director Geral do Evento, embora manifestando pouca simpatia pela definição.

Estão seleccionados, para a competição oficial, alguns dos filmes mais badalados de 2008. Entre os quais: “Aquele Querido Mês de Agosto”, “Second Life”, “Veneno Cura”, “Contrato”, “A Corte do Norte”, “Goodnight Irene” e “Entre os Dedos”.

De seguida fica a lista completa dos 65 filmes seleccionados, ordenados por data e hora:

6=0 Homeostética

6=0 Homeostética, um filme de Bruno de Almeida

YouTube Preview Image

Sinopse:
Documentário sobre o movimento Homeostética, que surgiu em Lisboa nos anos 80 e foi constituído pelos artistas Fernando Brito, Ivo, Pedro Portugal, Pedro Proença, Manuel João Vieira e Xana. Utilizando o humor como estratégia de demarcação crítica, a Homeostética manteve sempre uma posição marginal de fortes influências Dadaistas e desenvolveu uma intensa produção que resultou em exposições, textos, manifestos, filmes, concertos e outras performances colectivas. Discretos nas suas realizações e desprezando olimpicamente a sua própria glorificação, os homeostéticos perderam em visibilidade externa o que vieram a ganhar em modo de existência. Para eles o sentido da vida encontrava-se na criação artística e a criação artística, por sua vez, permitia-lhes inventar novas possibilidades de vida.

Porto 7 – Festival Internacional de Curtas Metragens do Porto

Porto 7 – Festival Internacional de Curtas Metragens do Porto – é um evento cultural aberto a produtores, realizadores, estudantes, entusiastas, apreciadores da sétima arte e publico em geral, que decorre entre 10 e 14 de Junho de 2009.

É um espaço de interacção com artistas, realizadores, público e empresas ligadas ao audiovisual, onde paralelamente ao festival serão desenvolvidas diversas actividades

O festival é constituído pelas seguintes secções:

Competição Internacional de Curtas-Metragens
– Melhor Curta-metragem
– Melhor Argumento Original
– Melhor Actor

Competição de Curtas-Metragens Porto7
– Melhor Curta-metragem Porto7
– Jovem Realizador (até 30 anos)

Contactos:

“Aquele Querido Mês de Agosto” vence no Festival de Buenos Aires

Mais um prémio para o filme de Miguel Gomes, “Aquele Querido Mês de Agosto” recebeu o prémio de Melhor Filme no Festival de Buenos Aires, na Argentina.
O filme foi distinguido entre 417 películas de 25 países. Ao ganhar o prémio máximo do certame, “Aquele Querido Mês de Agosto”, tem assegurada a distribuição em cinema, DVD e televisão na Argentina.

O filme está ainda seleccionado para participar no Festival de Cinema de São Francisco, que irá decorrer de 23 Abril a 07 Maio, o Festival de Cinema de Los Angeles, de 18 a 28 Junho, e os Festivais de Cinema de Auckland, de 10 a 27 Julho, e de Wellington, de 18 Julho a 03 de Agosto, ambos na Nova Zelândia.

Página 1 de 212