Capitães de Abril, um filme de Maria de Medeiro | Filmes Portugueses

Capitães de Abril

Capitães de Abril, um filme de Maria de Medeiros

YouTube Preview Image

Sinopse:
Em Portugal, na noite de 24 para 25 de Abril, uma canção desencadeia um golpe de Estado militar que irá mudar a face do país e o destinos dos Territórios que então dominada em África.
Ao som do poeta Zeca Afonso, as tropas revoltosas tomam os quartéis. A Revolução Portuguesa distingue-se pelo carácter aventuroso, tanto como pacífico e lírico.

Ficha Técnica:

Realização: Maria de Medeiros
Argumento: Ève Deboise e Maria de Medeiros
Produtor: Javier Castro, Concha Díaz e Ricardo Evole
Ano: 2000
Género: Drama, Histórico, Guerra
Duração: 119’

Elenco:
Stefano Accorsi (Salgueiro Maia)
Maria de Medeiros (Antónia)
Joaquim de Almeida (Gervásio)
Frédéric Pierrot (Manuel)
Fele Martínez (Lobão)
Manuel João Vieira (Fonseca)
Marcantónio Del Carlo (Silva)
Emmanuel Salinger (Botelho)
Rita Durão (Rosa)
Manuel Manquiña (Gabriel)
Duarte Guimarães (Daniel)
Manuel Lobão (Fernandes)
Luís Miguel Cintra (Pais)
Joaquim Leitão (Filipe)
Canto e Castro (Salieri)
Rogério Samora (Rui Gama)
Ruy de Carvalho (Spínola)
João Reis (Voz de Salgueiro Maia)

Prémios:
Festival de Arcachon – Prémio do Público no
Mostra Internacional de São Paulo, Brasil (2000) – Prémio Melhor Filme
Globos de Ouro, Portugal (2001) – Prémio Melhor Filme e Melhor Actriz (Maria de Medeiros)

Nomeações:
Festival de Cannes, França (2000) – Secção Un Certain Regard

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivado em: Filmes

Comentários (5)

Trackback URL | Comentários RSS Feed

  1. Sónia diz:

    uma revolução que muitos de nós não sabe o seu verdadeiro sentido… e uma revolução que hoje precisavamos para nos libertarmos da ditadura capitalista… viva à revolução, a voz nunca se cala, o povo…

  2. Olá Sónia,

    Não poderia estar mais de acordo contigo…!

    Obrigado por comentares. ;-)

  3. Cine Portugués Contemporáneo en la Cinemateca 23 y 30 abril | Correo Cultural diz:

    [...] de Oliveira; Cinco días, cinco noches (Cinco dias, cinco noites,1996) de José Fonseca e Costa; Capitanes de Abril (Capitães de Abril, 2000) de María de Medeiros; Vuelvo a casa (Vou para casa, 2001) de Manoel de [...]

  4. carlos bastos diz:

    o povo e quem mais ordena. forao essas as palavras ditas no 25 de abril de 74 e agora qual e a frase meus senhores sabem??????
    agora e O GOVERNO E QUEM MAIS NOS ROUBA. andamos nos o pobre povo a ganhar uma miseria para meter dinheiro nos bolcos dos nossos POLITICOS CURRUPTOS soe esses senhores que andao com crros topos de gama com evevadas celindradas a gasolina enquanto a miseria, o desemprego, a injustica social paira sobre a cabeca do povo.
    este pais preciza de um novo 25 de abil de 2012 para mais uma vez a voz do povo se fassa sentir. MANDAR ESSES POLITICOS CURRUPTOS PA CADEIA XEGA DE ENXER O BOLCO DE QUEM JA TEM TUDO E CONTINUA E TIRAR O PAO DA BOCA DE QUEM MAIS PRECIZA ABAIXO A CURRUPSAO EM PORTUGAL VIVA A VOZ DO POVO

  5. Ronaldo diz:

    Eu não consigo acreditar que, como é que este povo tem a mania de misturar o passado com o presente. Não quero saber o que está a acontecer em Portugal.Quero saber ,sim,como foi a derrubada de um regime ditatorial coordenado por um professor de Direito (qual Direito? será que ele entendia de Direitos Humanos?).
    Vamos lembrar sim, do 25 de Abril, mas, sem misturar as coisas.

Coloque um Comentário



Pode criar uma imagem para mostrar com o seu comentário Gravatar.