Categoria: Clássicos Cinema Português

Uma Abelha na Chuva

Uma Abelha na Chuva, um filme de Fernando Lopes

YouTube Preview Image

Sinopse:
“Uma Abelha na Chuva” é a leitura cinematográfica de Fernando Lopes do romance homónimo de Carlos de Oliveira, num filme que encena de forma admirável um Portugal rural desencantado, sombrio e enclausurado, no final da década de 60, e que um crime brutal vem abalar. As paisagens sonoras abstractas, a impressionante fotografia e as inesquecíveis interpretações de Laura Soveral e João Guedes juntam-se numa obra de excelência do cinema português.

Dom Roberto

Dom Roberto, um filme de Ernesto de Sousa

YouTube Preview Image

Dom Roberto“, a única longa-metragem de José Ernesto de Sousa, estreou a 30 de Maio de 1962 no cinema Império. O filme foi seleccionado para o Festival de Cannes, em 1963, onde recebeu o prémio: Menção Especial do Júri do Melhor Filme para a Juventude.

Sinopse:
A vida miserável de João Barbelas (Raúl Solnado), um vagabundo sonhador, a quem os miúdos alcunham “Dom Roberto”, por exibir fantoches. Conhece Maria (Glicínia Quartin), rapariga com passado triste, julgando inocentemente ter arranjado habitação para ambos. O amor, a alegria de viver… Porém, a felicidade é traiçoeira: João e Maria perdem a casa que nunca for a deles, mas conservam a esperança e a ternura, embora a fome continue a persegui-los.

O Grande Elias

O Grande Elias, um filme de Arthur Duarte

YouTube Preview Image

Sinopse:
Arthur Duarte assinou algumas das melhores “comédias portuguesas” dos anos 40, renovando o género neste filme. Adaptado de uma peça de teatro, dá a conhecer uma família portuguesa em crise (o pai é viciado no jogo e a filha dança numa boite) que sobrevive graças às quantias avultadas de dinheiro que uma tia envia mensalmente do Brasil, onde vive há muito tempo. Um dia, a tia, que acredita que a sua família em Lisboa é igualmente rica, decide visitá-la e tudo se complica.

A Canção de Lisboa

A Canção de Lisboa, um filme de José Cottinelli Telmo

YouTube Preview Image

A Canção de Lisboa foi o primeiro filme sonoro inteiramente produzido em Portugal, nos laboratórios da Lisboa Filme e com o equipamento da Tobis, em 1931. Estreou no São Luíz, em 7 de Novembro de 1933.

Sinopse:
Vasco Leitão (Vasco Santana), estudante de medicina, vive da mesada das tias de Trás-os-Montes e o consideram um aluno cumpridor. Ora, Vasco prefere os retiros e os arraiais, as cantigas populares e as mulheres bonitas – em particular Alice (Beatriz Costa), uma costureira do Bairro dos Castelinhos, o que não agrada ao pai, o alfaiate Caetano (António Silva), sabendo-o crivado de dívidas… Os azares de Vasco sucedem-se: no mesmo dia em que é reprovado no exame final, recebe uma carta onde as tias lhe anunciam uma visita a Lisboa!

Os Verdes Anos

Os Verdes Anos, um filme de Paulo Rocha

YouTube Preview Image

Os Verdes Anos” foi o primeiro filme das produções Cunha Telles. Este filme foi também o reconhecimento internacional de Paulo Rocha, que após ser premiado no Festival de Locarno, o seu nome apareceu nas principais revistas de  cinema europeias como uma revelação.

Sinopse:
Júlio (Rui Gomes), de dezanove anos, vem da província para Lisboa, tentar a sorte como sapateiro. No dia da chegada, um incidente leva-o a conhecer Ilda (Isabel Ruth), jovem da mesma idade, empregada doméstica em casa próxima da oficina onde Júlio trabalha.
Júlio sente-se num ambiente estranho e hostil, desenrolando-se uma série de peripécias que lhe despertam a desconfiança em relação a Ilda, que decide romper o namoro. Impulsivo, Júlio acaba por matá-la.  

O Costa do Castelo

O Costa do Castelo, um filme de Arthur Duarte

YouTube Preview Image

Sinopse:
Uma das mais famosas comédias portuguesas. Daniel (Curado Ribeiro) aluga um quarto na humilde e simpática casa da senhora Rita (Maria Olguim) e do senhor Januário (João Silva), na Costa do Castelo, onde mora Luisinha (Milú) – uma jovem bancária, orfã, por quem Daniel se sente atraído – e um popular professor de guitarra, Simplício Costa (António Silva). A verdadeira identidade de Daniel é desmascarada por Mafalda da Silveira (Maria Matos), sua tia, o que causa grande sarilho na relação entre Luisinha e ele, pois trata-se de um fidalgo. Gtaças a um estratagema acabam todos por mudar-se para o solar da família, nos arredores de Lisboa.

O Pai Tirano

O Pai Tirano, um filme de António Lopes Ribeiro

YouTube Preview Image

Sinopse:
A tempestuosa paixão de um jovem amador dramático, Francisco Mega (Ribeirinho), caixeiro dos Grandes Armazens Grandela, por uma simpática empregada da Perfumaria da Moda, Tatão (Leonor Maia), cinéfila incondicional assediada por Artur de Castro (Arthur Duarte), um cínico sedutor.

O Leão da Estrela

O Leão da Estrela, um filme de Arthur Duarte

YouTube Preview Image

Sinopse:
Anastácio da Silva (António Silva), sportinguista ferrenho, vai ao Porto assistir à Final da Taça, levando consigo a mulher e as duas filhas. Ficam hospedados em casa da riquíssima família Barata, que acredita que os seus convidados também têm distintas origens. A situação complica-se quando Eduardo Barata (Curado Ribeiro), o filho do casal, se apaixona por Jujú (Milú), filha de Anastácio, e os dois decidem casar-se. A cemirónia é em Lisboa e o pai da noiva tem que manter as aparências a todo o custo.

Página 1 de 212