Categoria: Estreias

Em Segunda Mão

Em Segunda Mão, um filme de Catarina Ruivo

Estreou no passado dia 20 de Junho de 2013

Sinopse:
Jorge é um solitário escritor de romances de cordel. À noite olha através das janelas iluminadas as pessoas nas suas casas e pensa que elas, sim, são felizes. Um dia o acaso, pensa ele, leva-o até à casa onde vive Laura com o seu filho André, e através das grandes janelas Jorge descobre a montra de uma vida perfeita. Mas as vidas perfeitas só o são quando vistas de fora. De perto nada é o que parece: o anterior marido de Laura desapareceu misteriosamente e estranhos telefonemas perturbam a imperturbável Laura. Jorge não se assusta, quer protegê-la. Inventa um homem feito à medida de Laura, um homem para ela amar e consegue entrar naquele mundo maravilhoso que julga conhecer.

Fragmentos de uma Observação Participativa

Fragmentos de uma Observação Participativa, um filme de Filipa Reis e João Miller Guerra

Estreou no passado dia 30 de Maio de 2013

Sinopse:
A dupla Reis/Miller sabe detectar muito bem um universo para trabalhar. Os seus filmes transportam-nos para realidades sociais vincadas em que o seu foco é no sublinhar preciso do mais importante. Neste filme-experiência em que os próprios são empurrados para o seu processo, vemos um grupo de mulheres brasileiras que falam sobre grandes e pequenas questões.

Beat Girl

Beat Girl, um filme de Mairtín de Barra

“Beat Girl” é uma produção portuguesa, filmada em Inglaterra, com realização do irlandês Mairtín de Barra.

Estreia Nacional no dia 9 de Maio de 2013

Sinopse:
Quando se muda para casa do pai, nos subúrbios, Heather leva consigo a melhor recordação da mãe – o seu piano. O mesmo piano onde, em criança, ensaiava as primeiras notas musicais, guiada pela mãe, e lhe fazia uma promessa: quando fosse grande, seria uma famosa pianista, tal como ela. E Heather cresceu com a convicção de que esse era o seu destino.
Um destino escrito, como uma pauta de música que tem de ser interpretada fielmente. Até ao dia em que tudo muda. Heather descobre que o destino, como a vida, é uma pauta em branco que vai sendo preenchida de notas a cada novo caminho. E mesmo que esses caminhos ou notas pareçam destoar, podem compor a banda sonora de uma vida! 

Photo

Photo, um filme de Carlos Saboga

Estreia Nacional no dia 9 de Maio de 2013

Sinopse:
A mãe acaba de morrer. O pai não é aquele que ela julgava. Elisa sente-se perdida entre um passado incerto e um futuro fechado pela perspectiva do casamento. A sua busca de um pai improvável, que é também uma fuga ao presente, condu-la de Paris a Lisboa, do fantasma dos anos 70 do século passado aos primeiros anos de um novo século fantasmático. Este itinerário leva-a a cruzar mortos que falam, memórias que vacilam, torcionários reformados e revolucionários arrependidos. No fim do percurso, uma verdade dúbia aberta para um novo mistério, como uma história de que se não conhece a última palavra.

É o Amor

É o Amor, um filme de João Canijo

Estreia Nacional no dia 25 de Abril de 2013

Sinopse:
A mulher das Caxinas é um modelo da portuguesa moderna. Esta afirmação contradiz a imagem tradicional de uma peixeira enlutada do Norte de Portugal. Mas foi isso o que descobrimos durante a investigação para este filme. E foi isso que nos encantou. A força romântica e vital daquelas mulheres, capazes de amar e lutar pela vida – delas e dos maridos -, fez com que se lhes dedicasse um filme. E este filme é sobre duas mulheres que têm duas maneiras muito diferentes de corresponder à confiança que lhes é dada e pedida. Porque, para além do retrato das mulheres das Caxinas, este é um filme sobre uma amizade que nasce entre duas mulheres muito diferentes: a mestra Sónia e a actriz Anabela. Sónia é a mestra escolhida para protagonizar o filme, Anabela é a actriz que se infiltra no seu meio para descobrir uma personagem das Caxinas.

O Frágil Som do Meu Motor

O Frágil Som do Meu Motor, um filme de Leonardo António

Estreia Nacional no dia 25 de Abril de 2013

Sinopse:
As dúvidas existenciais de um ser humano começam dentro do útero.
“Será que irei nascer e conhecer a minha mãe?”
A história é contada na primeira pessoa por um bebé ainda por nascer.
Como um Tango, atemporal e implacável, O Frágil Som do Meu Motor marca o ritmo das personagens no seu melhor… e no seu pior!

A Última Vez Que Vi Macau

A Última Vez Que Vi Macau, um filme de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata

Estreia Nacional no dia 14 de Março de 2013

Sinopse:
Trinta anos depois, estou a caminho de Macau, onde não voltava desde criança. Recebi um e-mail, em Lisboa, da Candy, uma amiga da qual não sabia nada há anos. Ela contou-me que se tinha envolvido uma vez mais com os homens errados e pediu-me que fosse para Macau, onde “coisas estranhas e assustadoras” estavam a acontecer. Cansado, depois de um longo voo, chego a Macau a bordo do barco que me levará de volta ao tempo mais feliz da minha vida.

Alvorada Vermelha

Alvorada Vermelha, um filme de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata

Estreia Nacional no dia 14 de Março de 2013

Sinopse:
Macau, Mercado Vermelho, Fevereiro de 2011.
Dois realizadores, um olhar. Os gestos e as rotinas, entre a vida e a morte.
Em memória de Jane Russell (21 de Junho de 1921 – 28 de Fevereiro de 2011). 

Página 3 de 141234567...Última »