Fantasia Lusitana

Fantasia Lusitana, um filme de João Canijo

“Fantasia Lusitana” – Estreia Nacional no dia 29 de Abril de 2010

Sinopse:
Portugal viveu a Segunda Guerra Mundial dentro de um mundo de fantasia. A propaganda criou nos portugueses um nível de irrealidade fantasista em que a realidade violenta e terrível da guerra era uma coisa muito longínqua e de outro mundo. Segundo essa propaganda, que proclamava a ausência da guerra no seu seio, mesmo com o fluxo de refugiados que chegava a Lisboa, Portugal era um paraíso de paz e tranquilidade, um “oásis de paz” totalmente alheio a uma guerra que só dizia respeito aos outros. Construído exclusivamente a partir de imagens de arquivo, o documentário de João Canijo funda-se no contraste entre as imagens fantasistas da propaganda e os testemunhos escritos de refugiados célebres (Erika Mann, Alfred Döblin e Antoine de Saint-Exupéry, lidos pelos actores Hanna Schygulla, Rudiger Vogler e Christian Patey) de passagem por Lisboa, à espera do barco que os livre do nazismo. São textos que reflectem exactamente o pasmo dos autores diante da bizarra noção de realidade dos portugueses.

Ficha Técnica:
Realização: João Canijo
Produtor: João Trabulho
Ano: 2010
Género: Documentário
Duração: 65′

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivado em: DocumentáriosEstreias

Comentários (4)

Trackback URL | Comentários RSS Feed

  1. […] Competição Nacional de longas-metragens foram seleccionados os seguintes filmes: “Fantasia Lusitana” de João Canijo,  “Guerra Civil” de Pedro Caldas, “Fragmentos de um […]

  2. CINE31 diz:

    Isto sim, deve ser um filme interessante!

  3. Susana diz:

    Gostaria de saber onde posso encontrar este video-
    Obrigado.

  4. Hugo Santos diz:

    vi este filme/documentário no indie deste ano. obrigatório para quem quer/goste de reflectir sobre o periodo salazarista. mais uma aposta vencedora de Canijo.

Coloque um Comentário



Pode criar uma imagem para mostrar com o seu comentário Gravatar.