Maria Papoila

Maria Papoila, um filme de Leitão de Barros

Sinopse:
Maria Papoila (Mirita Casimiro), uma rapariga humilde e de bom coração, vem servir para Lisboa. Aqui conhece Eduardo (Eduardo Fernandes), um recruta por quem se apaixona e que julga ser da sua condição social. Namoram até descobrir que afinal Eduardo não só é um rapaz rico como também tem namoro com uma rapariga da sua classe, Margarida Noronha Baptista (Maria Cristina).
Um dia de manhã, a mãe de Margarida nota que as suas jóias foram roubadas durante a noite, precisamente a noite em que Eduardo foi visto ao redor da casa – depois de acompanhar, em segredo, Margarida. Eduardo é preso mas Margarida, para salvar a sua honra, nega o incidente. Quando nada parece salvar Eduardo da prisão, Maria Papoila descobre o verdadeiro ladrão,
Carlos, filho da sua patroa, e apresenta-se em Tribunal, dizendo que passara a noite com o arguido. Eduardo é libertado e Maria Papoila decide regressar à sua terra, magoada, achando que Lisboa não é lugar para ela. Mas, assim que sobe para o comboio….

Ficha Técnica:
Realização: Leitão de Barros
Argumento: Vasco Santana, José Galhardo e Alberto Barbosa
Ano: 1937
Género: Comédia
Duração: 98’

Elenco:
Mirita Casimiro (Maria Papoila)
António Silva (Mr. Scott, o Americano)
Eduardo Fernandes (Eduardo da Silveira),
Alves da Costa (Carlos)
Maria Cristina (Margarida Noronha Baptista)
Joaquim Pinheiro (Soldado 27)
Virgínia Soler (Cozinheira Elvira)
Amélia Pereira (D. Casimira)
Perpétua dos Santos (Ti Joaquina)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivado em: Clássicos Cinema Português

Coloque um Comentário



Pode criar uma imagem para mostrar com o seu comentário Gravatar.