Non ou a Vã Glória de Mandar

Non ou a Vã Glória de Mandar, um filme de Manoel de Oliveira

YouTube Preview Image

Sinopse:
Primeiro filme português que aborda de frente a memória da guerra colonial, evocando diversos pontos de viragem da nossa história, “Non” é um filme que conjuga a reflexão sobre o destino de um país, cujos homens quiseram ir sempre mais além, e que depois de 1974 se vê reconduzido às suas fronteiras originais. Um filme com uma dimensão espectacular ímpar, de que é exemplo a reconstituição da batalha de Alcácer-Quibir.
Retratando de forma grandiosa e singular diversos acontecimentos da história de Portugal, que são evocados por um pelotão de militares nos últimos anos da guerra colonial, “Non” é uma notável e muito pessoal reflexão de Manoel de Oliveira sobre a identidade e o destino português.

Ficha Técnica:
Realização: Manoel de Oliveira
Argumento: Manoel de Oliveira
Produtor: Paulo Branco
Ano: 1990
Género: Drama, Histórico
Duração: 112’

Elenco:
Luís Miguel Cintra (Alferes Cabrita)
Luís Lucas (Cabo Brito)
Diogo Dória (Furriel Manuel)
Miguel Guilherme (Soldado Salvador)

Prémios:
Festival de Cannes, França (1990) – Menção Especial do Júri e Prémio da Crítica Internacional

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivado em: Filmes

Comentários (1)

Trackback URL | Comentários RSS Feed

  1. Ana Veigas diz:

    Um filme brilhante sobre o ser e o destino de Portugal, onde se entrecruzam o passado glorioso, o presente desencantado e a crença num futuro Messias redentor, o Encoberto que devolverá a nação à sua antiga glória.

Coloque um Comentário



Pode criar uma imagem para mostrar com o seu comentário Gravatar.