O Cônsul de Bordéus

O Cônsul de Bordéus, um filme de Francisco Manso e João Correa

Estreia Nacional no dia 8 de Novembro de 2012

Sinopse:
Alexandra Schmidt, uma jornalista portuguesa vai até Viana do Castelo para entrevistar o maestro brasileiro Francisco de Almeida, que se vai reformar. Aí confronta-o com o seu verdadeiro nome, Aaron Apelman. A curiosidade da jornalista leva o maestro a recordar uma série de eventos passados no longínquo mês de Junho de 1940, quando, aos 10 anos de idade, e ainda com esse nome, foi salvo da perseguição nazi pela acção do cônsul de Portugal em Bordéus, Aristides de Sousa Mendes. O cônsul, por esses dias, é um homem dividido: sabe que os refugiados hebreus, em número cada vez maior, precisam de vistos para alcançar Portugal e daí partir para o Novo Mundo; mas tem as mãos tolhidas pela famigerada Circular 14, de Salazar, que proíbe a emissão de vistos a judeus. A pressão do rabino Krueger e a força das convicções católicas do próprio Sousa Mendes acabam por levar a melhor. O cônsul decide desobedecer à Circular 14 de Salazar, que proíbe a emissão de vistos a judeus…

Ficha Técnica:
Realização: Francisco Manso e João Correa
Argumento: António Torrado e João Nunes
Produtor: José Mazeda
Ano: 2011
Género: Drama
Duração: 120’

Elenco:
Vítor Norte (Aristides Sousa Mendes)
Miguel Borines
João Cabral
António Capelo
São José Correia
Pedro Cunha
Manuel de Blas
Joaquim Nicolau
Carlos Paulo
Leonor Seixas
Laura Soveral

Vítor Norte no filme “O Cônsul de Bordéus”

Filme O Consul de Bordeus

Cartaz do filme “O Cônsul de Bordéus”

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivado em: EstreiasFilmes

Comentários (12)

Trackback URL | Comentários RSS Feed

  1. Ver o blog Amigos de Sousa Mendes

  2. UN MERECIDO HOMENAJE AL GRAN HEROE PORTUGUES,ABRAZOS DESDE ARGENTINA.

  3. José Campos diz:

    Já não há homens como estes. O que temos por cá agora estão a lado dos que nos querem arruinar ainda mais.

  4. MONICA GODO diz:

    Me gustaría saber cuándo saldrá esta película en DVD. Enhorabuena por vuestra página.

  5. dilia diz:

    gostaria de ver este filme …qundo vao ter aqui…por favor dizer,gostaria de ver.

  6. Olá a todos,

    O filme vai estrear no próximo dia 8 de Novembro. Portanto, ainda não há nenhuma referencia à edição do filme em DvD.

    Dilia,

    Nós não publicamos filmes na íntegra sem autorização dos autores.

    Cumprimentos.

  7. Lista dos cinemas onde irá estrear Aristides de Sousa Mendes – O Cônsul de Bordéus:

    UCI LISBOA
    ZON AMOREIRAS
    ZON ALVALAXIA
    ZON COLOMBO
    CITY CAMPO PEQUENO
    ZON OEIRAS
    ZON ALMADA
    ZON COIMBRA DV
    ZON PORTO DV
    UCI ARRÁBIDA
    ZON BRAGA
    SOCORAMA VIANA DO CASTELO
    ZON VISEU
    ZON GONDOMAR
    SOCORAMA M. MARTINS
    ZON AVEIRO FORUM
    ZON NORTE SHOPPING
    SOCORAMA GUIMARÃES
    SOCORAMA GUIA/LEIRIA
    FARO SBC

  8. Isaura Maria Batalha diz:

    este filme vai estar available em DVD e traduzido em Ingles?
    obrigado

  9. Olá Isaura,

    Ainda não tenho qualquer informação nesse sentido. Não acredito que a edição do DVD esteja para breve, visto que o filme ainda nem estreou.

    Cumprimentos

  10. luis diz:

    pena que nao sai na europa porque aqui em londres nao vai sair mas quero conprar logo que saia porque ja na escola estudei o que este homem fiz e talvez sera uma vitamina para nos lembra o que eramos 40 anos a traz …

  11. luis diz:

    sei a historia e gostaria de saber se ha previsão de entrar em circuito comercial em porto alegre rs , no brasil .

  12. Zé Borges diz:

    É filmado en Buenos Aires um documentario sobre a vida de Aristides de Sousa Mendes.
    Arte&Cultura 15.10.16

    “Aristides era um homem como qualquer outro simplesmente que num desses cruzamentos que nos sabe pôr a vida não reagiu como a maioria” começa-nos dizendo Victor Lopes,um argentino com nacionalidade portuguesa que confessa “assim como alguns portugueses me dão vergonha e pelo qual peço desculpa ao mundo inteiro, há também outros, como Aristides de Sousa Mendes que é o orgulho de um Portugal moderno e vigoroso que respeita os direitos humanos e rejeita qualquer tipo de autoritarismo e ditadura”.
    asmestudio.jpg

    Sousa Mendes é um dos quatro portugueses declarado “Justo entre as nações” por ter salvado milhares de pessoas perseguidas pelos nazis durante o holocausto, enquanto os argentinos filmam o documentário na cidade de Buenos Aires, o Presidente de Portugal Marcelo Rebelo de Sousa anuncia em Nova Iorque que vai condecorar a Aristides de Sousa Mendes com a “Grande Cruz da Ordem da Liberdade” e reconhece que “hoje lhe devemos a Aristides muito mais do que sabiamos até agora”.
    asmpresidente.jpg

    “Não se é Santo por ser elegido pelos Deuses, senão que, se é elegido pelos Deuses por ser Santo”. Repete Victor Lopes para significar a obra humanitária do Cônsul de Portugal em Burdeus que assinou 30000 visas em apenas sete dias desobedecendo ao ditador luso António de Oliveira Salazar, quando os nazis invadian França nos cruéis tempos de 1940, “Para Aristides tinha sido fácil desocupar com o exército ou a policia os jardins da Embaixada que nesse momento encheram-se de homens, mulheres e crianças perseguidos procurando un salvoconduto que os levara ao porto de Lisboa sem embargo Aristides não o fez….Sousa Mendes não chamou as tropas alemãs…. o que eu faria?….o que farias tu? o que fariam os nossos atuais Embaixadores de Portugal ao redor do mundo?”.

    É o eterno conflito gerado entre ” o dever e a conciência que não sempre se põem de acordo” diz Lopes, enquanto nos faz lembrar daquele soldado da obra de Javier Cercas que pudendo matar a um Sanchez Mazas indefeso decidiu não o fazer durante a tragédia da Guerra Civil Espanhola

    Portugal teve uma ditadura de mais de quarenta anos e desembaraçar a trama de complicidades com centos, milhares de profissionais e lideres formados na intolerância vai levar muito tempo como sabe suceder nos países que sofrimos os regimes autoritários apesar do esforço e a boa vontade que os atuais dirigentes e novas gerações democráticas realizam.

    Levar ao ecrã do público americano a história de Sousa Mendes é um dos objetivos do realizador com uma equipe formada nas universidades Argentinas de cinema baixo a atenta olhada de Paula Fossatti e Ramiro Klement, junto aos atores Melissa Zwanck y Nahuel Vec, Lopes vai aportar “o seu grãozinho de areia” aos que já vêm realizando faz muito tempo em diversos lugares do mundo, familiares, amigos e ferventes seguidores da causa Sousa Mendes.

    A estréia do documentário “Aristides um homem bom” está previsto para o fim do ano e se realizará no marco do Festival Internacional dos Direitos Humanos., embora Victor Lopes reconhece que pouco a pouco irá respondendo âs convocatórias que a diário lhe chegam já que a proposta causou boa recepção por tratar-se duma história práticamente desconhecida e que ainda desperta certa polémica nos setores mais conservadores da sociedade portuguesa.
    https://www.youtube.com/watch?v=xCezJjLgpio

Coloque um Comentário



Pode criar uma imagem para mostrar com o seu comentário Gravatar.