Porto da Minha Infância

Porto da Minha Infância, um filme de Manoel de Oliveira

Sinopse:
“PORTO DA MINHA INFÂNCIA é um documentário que o Produtor Paulo Branco me convidou para fazer sobre a cidade do Porto, para a PORTO 2001 CAPITAL EUROPEIA DA CULTURA.
Um documentário sobre o PORTO em 2001 era impossível agora, com a cidade em obras, e é cousa que poderei fazer depois. O que, por outro lado, foi bom, porque me proporcionou a oportunidade de evocar o Porto da minha infância, graças a algumas das minhas memórias, as mais simples e as mais ligadas à cidade. Considero o filme um documentário, embora tenha sido obrigado a algumas reconstituições, para que não ficasse reduzido a um álbum de fotografias. Finalmente, trata-se de certas recordações dum tipo de vida e de imagens de uma época passada que, embora relacionadas comigo, não constituem uma auto-biografia.”

Manoel de Oliveira

Ficha Técnica:
Realização: Manoel de Oliveira
Argumento: Manoel de Oliveira
Produtor: Paulo Branco
Ano: 2001
Género: Drama
Duração: 62’

Elenco:
Jorge Trêpa (Manoel 1)
Ricardo Trêpa (Manoel 2)
Rogério Samora (Chico)
António Fonseca (Rufia)
Maria de Medeiros (Miss Diabo)
Leonor Baldaque (Ela)
Leonor Silveira (Vamp)
José Wallenstein (Joel)
Duarte de Almeida (A man)

Prémios:
Festival de Veneza, Itália (2001) – Prémio UNESCO
Prémio Robert Bresson, atribuído pela Rivista del cinematógrafo, Itália (2001)

Nomeações:
Festival de Montréal “Nouveau Cinéma, Nouveaux Media” – “Portrait, Auto-Portrait”
Festival de Roterdão, Holanda (2002) – Selecção Oficial, Fora de Competição
Festival Mar del Plata, Argentina (2002) – Selecção Oficial, Fora de Competição

Outros Festivais em que participou:
Festival de Salónica, Grécia (2001)
Festival de Oslo, Noruega (2001)
Festival de São Paulo, Brasil (2001)
Festival de Frankfurt, Alemanha (2002)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivado em: Filmes

Coloque um Comentário



Pode criar uma imagem para mostrar com o seu comentário Gravatar.